Paulo Franke

18 outubro, 2012

II. Pelas ruas, torres e pontes da antiga PRAGA.

- Segunda Parte -



Tão bom foi o papo com uma jovem senhora tcheca residente em Qatar - que se sentou ao meu lado no rápido voo de 50min Munique-Praga - que não percebi que estava em "território brasileiro", isto é, voando em um avião da Embraer da Lufthansa-Regional. Muitas outras companhias aéreas utilizam o avião made in Brazil para distâncias não longas dentro da Europa, Alemanha, França, Finlândia etc. Saindo da aeronave, ainda deu tempo para uma foto que saiu até que interessante!


O pratinho de parede foi o único souvenir de Praga. O aviãozinho e a caneca foram presentes do concunhado Daniel quando trabalhou na Embraer em São José dos Campos-SP.


Trocar meus euros por coroas tchecas... Resumindo, tudo bastante barato!

Foto: Julius Pufler

Meu hostel não poderia estar melhor localizado: na Old Town, centro do turismo em Praga.

 

  Praga é chamada de "a cidade das 100 cúpulas", mas confesso que o meu conhecimento quanto a República Tcheca é mínimo. E ainda com Edimburgo na cabeça - e no coração - pela proximidade de ambas as viagens, não tive tempo de informar-me devidamente. Alguns escritores, alguns músicos e diretores de cinema famosos... não vou muito além desses dados superficiais. De uma coisa eu sabia de dois sobrinhos de ambos os lados da nossa família que estiveram em Praga: a cidade é lindíssima e vale a pena ser  visitada. Assim, aproveitei comprovar isso em conexão com o Congresso Europeu do Exército de Salvação em Praga, nos dias 12, 13 e 14/10/2012, que tratarei na última postagem desta série.


Naquela manhã fria do outono checo comecei a explorar a cidade.


Ainda bem que a cidade é muito bem sinalizada! (Encare isso como brincadeira, pois ô língua tcheca, eslava, complicada, e ainda por cima cheia de acentos nas letras a, e, s, y, z  etc.)



Aglomerado estilo medieval de torres, prédios estreitos e ruelas sombrias e sinuosas.


As diversas torres medievais dão um toque de alta beleza na cidade.


Este camaradinha não convence de guarda de torre...


Os detalhes de arte dessas torres, ainda que doa o pescoço, merecem ser admirados.


Nunca tenho encontrado tantos turistas brasileiros ultimamente em uma capital européia!


Este relógio é famoso e ponto obrigatório para posar em uma foto.


Muitas estátuas e igrejas católico-romanas, provando que no passado o país foi bastante religioso.


Não vi na Cidade Velha ônibus sightseeing, pelas ruas estreitas, mas, em vez deles, carros antigos para transportar turistas...


... predominantemente na cor vermelha e sempre com bom lustro!


Não entendi se o casal de noivos é real ou só pra turistas verem e fotografarem.


Se ferradura desse sorte, cavalos não puxavam carroça... nem transportavam turistas (olhem o desânimo destes!).


Pelos tantos altos-e-baixos não se vê as populares bicicletas das cidades européias. Hoje, este transporte - de que nem sei o nome - é utilizado em toda a cidade.


Praga é famosa pelos seus teatros de fantoches.


Nesta butique, entre fantoches e marionetes, chamou-me a atenção o Pinóquio!


E nesta o familiar e querido Carlitos ao lado de uma vovó típica antiga, pois as avós modernas são bem diferentes!


Este cidadão ganha a vida fazendo seu próprios fantoches e vendendo-os nas ruas.


Fotógrafos expondo suas melhores fotos, como estas de Praga no inverno, pintores vendendo seus quadros, desenhistas fazendo caricaturas de turistas ou mesmo desenhando-os, músicos tocando e vendendo seus CDs... encontra-se de tudo sobre as principais pontes da cidade.


Este simpático velhinho toca o seu realejo e quando alguém lhe dá alguma moeda ele tira o chapéu como sinal de gratidão.


Gavatas musicais...


Bonés de Praha, Prague ou Praga...


E quando bate a fome, muitas banquinhas de lanche, como esta que vende linguiça com rodelas de batata frita.


Comprei esta, com tempero típico do país, mas...


Na Finlândia, onde vivo, pode haver um velhinho famoso - com quem não simpatizo nem um pouco - o Papai-Noel, mas em muitas capitais da Europa há o Coronel Sanders, o Kentucky Fried Chicken, que nós não temos. Assim, vou à caça do melhor frango frito sempre que viajo e encontro o KFC. O Coronel Sanders, inventor da receita, foi muito amigo do Exército de Salvação.


Ou era a fome ou estava super gostoso mesmo!


Olhem a classe desta banquinha de lanches rápidos!


Já tenho fotografado em outras capitais isto que quase ninguém fotografa.


No alto do morro, como em Edimburgo, o castelo de Praga!


 Vltana, o nome do rio que banha a capital checa.


Algumas capitais européias que já visitei querem parecer Paris...


E até conseguem uma boa semelhança com ela...


Hesitei com minha própria sugestão de andar em uma dessas embarcações, mas venceu o... pra quê?


Conversei com estes jovens nativos, que concordaram que os fotografasse para mostrá-los aos jovens brasileiros.


Antes de descobrir o que estes meninos estudantes estavam fazendo debruçados em uma das pontes, quis fotografá-los.


Estavam atirando migalhas de pão aos cisnes...


... belos cisnes brancos!


O rio banhando a cidade...


... pontes e embarcações...


... belos prédios às suas margens...


...beleza pura em qualquer hora do dia e da noite.

(Em breve, as fachadas artísticas de Praga)

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ 

L i n k s

Saibamos mais a respeito da República Checa:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Rep%C3%BAblica_Checa

(copie e coloque na sua barra de enderecos)

Próxima postagem:

Mais de 80 mil judeus checoslovacos foram mortos na II Guerra Mundial.

Visita ao Campo de Concentração de Terezin, a uma hora de trem de Praga. Foi o campo usado pelos nazistas para fazerem propaganda ao mundo de que "os judeus estavam sendo muito bem tratados..."
Chocante a crueldade e o cinismo!

___________________

6 Comments:

  • Estou gostando desse passeio!
    Que cidade linda, me encantaram as torres medievais!!!Os carinhos antigos para turistas, que lugar lindo! Brasileiros tem em toda parte do mundo, somos como "formigas", nos metemos em todo lugar hehehee...
    Aguardando novos capitulos.
    Yara

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, outubro 18, 2012 4:00:00 PM  

  • Tcheco ou Checo...
    Vi no Google, que conclui que ambos estão certos.

    By Blogger paulofranke, at quinta-feira, outubro 18, 2012 8:12:00 PM  

  • Vaniah Barboza Elizabeth:

    Suas fotos são aulas histórico-culturais! Muuuito legal!

    \o/

    By Blogger paulofranke, at sexta-feira, outubro 19, 2012 9:39:00 AM  

  • Paulo, é ótimo para nós o fato de que voce, estando aposentado e tendo tempo e ânimo, fazer um trabalho tão bom em descrever os lugares por onde passas, com tanto bom humor... Parabéns. Ady.

    By Anonymous Adelaide Heinzle Redfern, at sexta-feira, outubro 19, 2012 5:32:00 PM  

  • Olha essa arquitetura??? A cidade em si, sempre limpa organizada! É um sonho conhecer lugar assim, onde tudo traduz o orgulho do povo. Viu a tampa do Bueiro? Espetáculo!!!
    Não tem preço uma coisa dessas. É como se gritassem sempre para todos os tempo todo: Eu amo minha terra!!!!
    Amei!
    Obrigada.
    aBRaços!

    By Blogger Maria Thereza, at sábado, outubro 20, 2012 6:42:00 PM  

  • Lindo passeio meu amigo, o que conhecia de raga era da literatura de Jorge Amado quando Zélia Gattai escreveu em um dos seus livros de memória sobre o exilio dos dois e sua passagem por Praga (linda).
    Realmente as torres e a arquitetura são de tirar o folego!
    Lindo demais!

    By Anonymous evelize volpi, at domingo, outubro 21, 2012 2:30:00 AM  

Postar um comentário

<< Home