Paulo Franke

13 maio, 2013

Já cantou em um CORAL? Participou de um MUSICAL?

Poucos dias depois que cheguei da InterRail, um convite para um evento cultural na capital Helsinki...


... que me levou pela primeira vez ao Teatro Sueco (SvenskaTeatern)...



... de muita beleza no seu interior.


A celebração dos 25 anos do coral gospel, "His Master's Voice".


Sempre é bom ouvir um animado coral gospel...


... ainda mais quando meu querido neto brasileiro nele canta e ... encanta!


 Nossos ouvidos  eram para as belas músicas gospel do repertório e olhos quase sempre para ele, no meio de dois rapazes à frente, experiência diferente por vê-lo cantar pela primeira vez, aos 17 anos, em um coral profissional que tem viagem marcada para a África do Sul em breve.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤


Aos 17 anos eu cantava no Coral da Igreja Episcopal do Redentor, em Pelotas-RS, coral que mais tarde recebeu o nome de sua primeira dirigente, Eunice Lamego.


O quarto da última fila, à direita, participando do grande coral unido do congresso na capital Porto Alegre (1960).


Tenho guardada ainda a veste do coral que usei... no túnel do tempo, há 52 anos no guarda-roupa.


De tecido bom, não encolheu, não desbotou, não amarelou, assim como o meu gosto pela música sacra. Neste Dia das Mães, percebi o detalhe... minhas iniciais, costuradas por minha saudosa mãe, para que eu localizasse, entre muitas, as vestes no armário da igreja.


De vestes para uniforme, em 1962 ingressei no Exército de Salvação na minha cidade e, dois anos mais tarde, no Colégio de Cadetes em São Paulo. A foto mostra os cadetes (seminaristas) apresentando o nosso cântico da sessão "Pregoeiros da Fé". Dirigindo nosso coral, o homem que Deus usou para trazer-me para o Exército de Salvação, o saudoso Sidney de Barros Campos.



Dois anos mais tarde, em 1966, cantávamos o mesmo hino, pela última vez, agora na nossa reunião de comissionamento (formatura), dirigidos pelo hoje Comissário Carl Eliasen, nosso diretor. Na letra, o autor fez bem rimar: "Pregoeiros da Fé... nada nos faz arredar o pé!"... profético, pois até hoje estou nos caminhos do Senhor, pregando a fé! Aleluia!



Muitos grupos de louvor formei, até que, indo fazer um curso na Inglaterra em 1973, assisti pela primeira vez a um musical salvacionista, "Espírito" (Spirit), um tipo explosão musical. Em um acampamento de cantores gaúchos, introduzi pela primeira vez no Brasil um musical, no caso, parte do musical "Espírito", em 1975 (foto da apresentação em Rio Grande).



Na mesma cidade portuária de Rio Grande, em 1976, apresentamos o mesmo musical, com os jovens do Corpo, no aniversário de nossa igreja.


1976... fui convidado para fazer o papel do discípulo Pedro no elenco montado em São Paulo do musical "Gente de Jesus" (Jesus Folk). Na foto de 1980, também como Pedro, participando no auditório do Colégio MacKenzie em São Paulo do musical "Espírito".


Ainda no início dos anos 80, o mesmo musical, da dupla Gowans-Larsson, no Teatro de Cultura Artística, na Consolação, em São Paulo. Seus talentosos diretores foram os majores Christopher e Shirley Parker.


No início dos anos 90, minhas duas filhas participaram em outro elenco  do mesmo musical, montado pelo músico Marcos Wakai. Na cena, o apedrejamento de Estevão, uma vez que o musical canta e representa lances do livro de Atos dos Apóstolos.



Em 2005, salvacionistas paulistas, dirigidos por Tiago Luchini, fizeram nova montagem do musical "Gente de Jesus", no qual meu filho, igual ao pai nos anos 70, fez o papel de Pedro.



Aqui, ele com o talentoso General John Larsson, o compositor das melodias dos musicais citados e de outros que foram apresentados em diversos países do mundo salvacionista (ver link).



Quando chegamos à Finlândia, em 1999, desafiado por algo que o Chefe Nacional, Carl Lydholm, me perguntara - Por que você não começa um Coral Gospel Aberto/ Open Gospel Choir? - em fevereiro de  2000 nasceu o International Open Gospel Choir...


... que atuou durante 6 anos, atraindo aos ensaios e apresentações cerca de 300 jovens adultos de 40 diferentes países, finlandeses e outros que estudavam ou trabalhavam, muitas vezes em embaixadas, na capital Helsinki. Cadetes salvacionistas russos que estudavam na Finlândia participaram muitas vezes.


Apresentamo-nos algumas vezes na conhecida Rock Church, igreja construída dentro de rochas dinamitadas, tanto em congressos nossos quanto em cultos internacionais ali realizados.

O ativo coral gospel passou (ver link), mas um tempo atrás tive a alegria de receber a notícia abaixo, de uma hoje jovem mãe inglesa que cantava no coral e que foi morar em Frankfurt am Main, terra de seu marido.

Uma jovem colombiana que morava na Finlândia - onde comecei o International Open Gospel Choir no ano 2000 - conheceu nos ensaios uma jovem inglesa. Tornaram-se amigas e um dia a colombiana apresentou à inglesa um rapaz alemão. Depois de algum tempo os dois casaram-se e foram morar em Frankfurt am Main. Certo dia, há pouco tempo, ao levar seu filhinho à creche, contou-me a jovem senhora inglesa que foi abordada por outra jovem senhora alemã que lhe perguntou: "Você não cantava no Gospel Choir do Paulo Franke"? "Sim", foi a resposta. "Eu também cantei quando estudei na Finlândia por um pouco tempo e me lembro de você!", exclamou surpresa!





A jovem mencionada está à direita na foto. A primeira, na primeira fila, filha do embaixador da Rumênia, nesta apresentação convidou muitos conhecidos de diferentes corpos diplomáticos de Helsinki, dando assim um toque ainda mais internacional ao coral.



O sobrinho da Anneli, Paulo Elias Hämäläinen, veio participar do coral do "tio Paulo" algumas vezes. Dono de uma bela voz, ganhou o X-Factor da Finlândia em anos recentes.


Um convite para o coral aberto, do tipo que eu afixava em universidades, escolas e painéis pela cidade inteira, fizesse calor ou geralmente muito frio, pisando em neve e gelo. Todo o sacrifício compensava, pois dava resultado! Algo bom que ficou na história musical do Pelastusarmeija/Frälsningsarmén (ES) na Finlândia.

_________



Não participo de nenhum coral atualmente, mas falando ainda acerca deles, registro aqui o coral que contou com mais de 100 participantes no congresso europeu, realizado em Praga, República Tcheca, em outubro de 2012. Nosso chefe nacional da época, o holandês Comissário Dick Krommenhoek, foi o autor e compositor do hino e regente do grande coral do congresso histórico.
No link abaixo, o leitor poderá ouvir a música que cantaram, uma das músicas que mais me impressionou e abençoou ultimamente pela atualidade de sua letra e beleza de sua música, tanto que a traduzi do inglês e a enviei ao Brasil, onde tem sido cantado pela Brigada Nacional de Cantores.

http://www.youtube.com/watch?v=JP-TMUrziDc

Em santo esplendor imerso,
Aos Teus pés estou, Senhor;
Rendo a Ti a minha vida,
Usa-a, Cristo, ao Teu dispor.

Moças os seus corpos vendem
- Sujo tráfico de horror! -
Cristo chama-me a trazer-lhes
Esperanca em sua dor.

Jovens cheios de revolta,
Sem amor ou compreensão,
Pelo Twitter ou Facebook, sim,
Posso dar-lhes atencão.

Quando vejo em desespero
Mãe drogada e seu nenê;
Como posso omitir-me
E fingir não perceber?

Ódio e solidão à volta,
Tanta gente a perecer
Em escuro anonimato;
Quero olhos para ver.

São milhões que não conhecem
Salvacão, fé e amor;
É urgente tal mensagem
E que eu seja o portador.

__________________________

O mesmo líder holandês dirigindo um coral nosso, na Rock Church, na música I need Him every hour (Preciso de Jesus), acompanhando ao piano minha filha Deborah:


Concluindo...


Assim é a vida - filosofei conversando com minha esposa um dia - cada um de nós cantou solos quando solteiros, antes de nos conhecermos; assim que casamos, duetos; quando vieram os filhos, cantamos como família (fotos); quando saíram de casa ao se casarem, voltamos a cantar duetos e, encarando a realidade, um dia voltaremos - não sei quem primeiro - a cantar solo novamente, para, pela fé, naquele glorioso dia estarmos todos os remidos por Jesus no grande coral no céu louvando ao Rei dos reis!



Cantando em família nos jantares da Adhonep em Pelotas-RS, em 1993.


¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤


L i n k s

Meu neto cantando no coral His Master's Noise:

https://www.youtube.com/watch?v=U7DKsRyMwj8&list=UURUiJ7lvUgfbUztwEWrz4fA

Postagens "Musicais que deixaram saudade":

http://paulofranke.blogspot.fi/2009/02/links-musicais.html (parte 1)
http://paulofranke.blogspot.fi/2009/02/musicais-que-deixaram-saudade-2.html (parte 2)
http://paulofranke.blogspot.fi/2009/02/links-musicais.html (parte 3)

Postagem "Galeria de fotos do International Open Gospel Choir":

http://paulofranke.blogspot.fi/2006/11/international-open-gospel-choir.html (galeria de fotos)

The last, but not the least (surpresa!)...

http://www.youtube.com/watch?v=r1nNdTyDZEs

(ö) (ö) (ö) (ö) (ö)

4 Comments:

  • Participar de um coral é algo mto bom! Estou feliz pelo meu filho estar cantando num coral!
    Gostei do video surpresa do Youtube! Esse clip nunca passa de moda. - Deborah

    By Anonymous Anônimo, at segunda-feira, maio 13, 2013 1:36:00 PM  

  • Ameeeeei o artigo... Participei do musical "Espírito", dirigido pelo Marcos e te digo que foi uma das experiências mais ricas e gratificantes da minha vida, que vou carregar pra sempre na mente e, principalmente, no meu coração...
    Um grande abraço e muitas bênçãos na tua vida!!

    By Blogger Nereida, at segunda-feira, maio 13, 2013 5:00:00 PM  

  • Tudo relacionado com musicais me encanta! Frustação por não ter participado de um, que fosse para Cristo!
    Me ver na foto cantando "....nada me faz arredar o pé", me entristece. Mas voltei e agora prá ficar!
    A foto com a familia cantado e suas palavras sobre o ciclo natural da vida, me emocionou!

    By Blogger Yara, at terça-feira, maio 14, 2013 1:36:00 AM  

  • Adoro suas postagens! És um homem sábio Paulo- grande abraço, que a paz do senhor esteja com vc!

    By Anonymous Anônimo, at sexta-feira, maio 24, 2013 5:54:00 PM  

Postar um comentário

<< Home