Paulo Franke

06 junho, 2013

1. "A ver navios"...Viking... Vasa... Em Estocolmo....




E já que nesta postagem vamos falar somente de barcos...

... estive em Estocolmo mais uma vez, desta para levar meu neto que visitou a sua adorada Finlândia, onde nasceu. Unindo o útil ao agradável, fui despedir-me de minha filha Martta e dos dois netos - que estão indo ao encontro do genro - de malas prontas para mudarem-se, do Atlântico Norte para o Atlântico Sul




A foto do vaporeto Marta, que tirei recentemente em Veneza, vem à calhar para esta introdução...



O início de nossa viagem pelo Mar Báltico começou por via férrea de Helsinki/Helsingfors...


... até o porto de Turku/Åbo, no sudoeste finlandês.


Um zoom possibilitou a foto do belo castelo de Turku/Åbo, perto do porto.


Gostei do logo da vikiNG LIne, transformado na frase em inglês "Aproveitando a vida?" Respondo eu: "Por que não?"


Meu neto de nome sueco, Kristoffer, quis viajar via Turku/Åbo, para conhecer o mais novo navio da sueca Viking Line, mas made in Finland (fabricado na Finlândia), um colosso de navio!


Para os interessados, ampliar a foto explicará detalhes do mesmo.


Tirei muitas fotos do neto, as quais enviei aos seus pais...


... e aproveitei para que ele fosse o meu fotógrafo também.



E assim embarcamos, com milhares de outros passageiros, no 
VIKING GRACE.


No caminho, uma espiada nos possantes barcos salva-vidas cobertos.


No check-in já recebemos o cartão magnético que nos abre a cabine...


"Olha, vô, teu nome no monitor!"
É o Viking Grace dando as boas vindas em finlandês e desejando-nos boa viagem!



Modernidade a cada canto do seu interior.


E neste lugar a paisagem em W ou em M...


E fomos apreciar a paisagem do deck.


No pleno verão certamente estará lotado de cadeiras...


... por enquanto, pouca gente passando por aqui.

Um momento sentimental para o meu neto nascido na Finlândia...


... e em um "até a vista!", despedindo-se da paisagem típica de sua terra, mar, lagos e muitas ilhas.


Chamo a Escandinávia de o paraíso das viagens baratas... mas acho que acerto em dizer que é também o paraíso dos animais bem-tratados, que podem ingressar em lojas, shoppings, conduções e, pasmem, até em navios e nas cabines dos donos!


E chegou o pôr-do-sol no Báltico...


Hora do jantar...


O gremista no bufê variadíssimo escolheu... hamburger e batata-frita!


Mais uns passeios pelo navio e éramos os primeiros a nos dirigir para o belo local de shows.


O vô com o boné azul de Israel, o neto com a camiseta azul do Gremio, tudo azul, allt är blå, em sueco.


 Quando a banda do navio entrou em cena, não custava nada perguntar... "Vocês conhecem alguma música brasileira?"



Conheciam "Aquarela do Brasil" e com sua linda voz a cantora "cantou" tudo na base do lá-lá-lá... Tentei ajudar, mas sabia de cor somente a primeira e a segunda frases, daí continuei também no lá-lá-lá.


Quando começou o baile, fomos para a cabine dormir. Percebam o pé de meu neto para fora do beliche e a bandeira da Finlândia que carregou todo o tempo na sua mochila.


E assim desembarcamos cedo de manhã do dia seguinte no porto de Estocolmo; levei meu neto para a escola e dirigi-me à casa de minha filha.

~~~~~~~~~~~~~~

E de um navio estalando de novo para um estalando de velho.


Quis visitar novamente um famoso navio Vasa resgatado do mar. Em janeiro de 2004, o visitei com a Anneli, com minha filha - que morava na Finlândia - e com meu filho que nos visitou do Brasil e o levamos a passear em Estocolmo.


Muito calor quando cheguei ao museu, um prédio moderno que abriga a maior relíquia naval da Suécia. 


O navio Vasa.


 "Olhos, para que te quero?"


Incrível o tamanha da embarcação...


...que na sua viagem inaugural, em 10 de agosto de 1628, afundou no porto de Estocolmo.


Uma atração global...


... por ser o único navio dos anos 1600 preservado no mundo.


Bonito admirar os seus detalhes.


Pelas janelas abertas...


... pode-se ver um pouco do seu interior em andares mais altos.


Esculturas da proa...


... devidamente preservadas.


Nem em filmes vemos tal perfeição!



A visão deste navio colossal impressiona.



Aqui, a história de seu difícil resgate das águas, que aconteceu no ano de 1961, depois de 333 anos no fundo do mar.



 Interessante também as salas anexas do museu que mostram o tempo  quando foi construído o navio, no início dos anos 1600.


A indumentária do povo da época.


As comadres conversando... Teria sido proposital o galo no telhado? Talvez...


Alguém colocou algo à mesa do cidadão... e ele percebeu, curioso.


 O navio Vasa em bela miniatura.


Minhas últimas fotos...


... agora da pôpa do Vasa.


Um passeio que valeu: rever o Vasa!


Hora de acabar esta postagem, pois já estou azul/blue/blå de tanto ver navios!


 Só mais estas, ainda de navios... minha querida filha levando-me ao porto depois de visitá-los por 5 dias.


E assim nos despedimos com um 
"Até o ano que vem no RS, se Deus quiser!"


Embarcando no velho "Amorella", de Estocolmo para Helsinki.


Certamente haverá um longo intervalo...


... até que eu navegue novamente por estas águas do Mar Báltico rumo à Suécia.

~~~~~~~~~~~

Próximas postagens:

2  - Na linda Södertälje - ES - A fonte Charles Chaplin

3 (última) - Os 100 anos do herói sueco Raoul Wallenberg

-------------------

5 Comments:

  • Belas fotos, Paulo! Boas informações também! Gostei de rever o Viking... E de ver as fotos do Vasa... Bahm afundou exatos 318 antes de eu nascer, portanto a culpa não poderá ter sido minha... Deu-me vontade de andar de navio pelo Atlantico Norte novamente! Quanto ao neto, é Franke 'escrito'! Tenho certeza de que saberá viver junto à bandeira da Finlândia. Não é qualquer um que pode dizer que nasceu na Finlândia. Será que aos 18 continuará por aqui ??? Abraços.

    By Anonymous Gerson Barum, at quinta-feira, junho 06, 2013 7:09:00 PM  

  • Que passeio lindo Paulo!
    Seu neto é um privilegiado pelo avô que tem.
    Lindos navios, emocionante também. Copiei as fotos deles pois chegaram muito escuras na minha tela, ampliei para ver cada detalhe.
    Hé, fora do Brasil só conhecem garota de Ipanema e Aquarela do Brasil....rsrsrss.
    Enfim mais um belo tour. Obrigada!

    By Blogger Yara, at quinta-feira, junho 06, 2013 7:37:00 PM  

  • Gostei muito do relato e das belas fotos. Parabéns, Primo, por nos brindar constantemente com seus bons momentos e lindas fotos.
    aBRaços.
    :D

    By Blogger Vitor Rolf Laubé, at sexta-feira, junho 07, 2013 2:07:00 AM  

  • Muito bom como sempre, Paulo querido, é uma "viagem". Beijos

    By Anonymous Clarisse Franke Avila, at sexta-feira, junho 07, 2013 3:04:00 AM  

  • Caro amigo que postagem interessante (como sempre né!).
    Adorei ver a foto de sua linda filha e netinho, Deus os abençoe.
    Obrigada pelas postagens SEMPRE!

    By Anonymous EVELIZE VOLPI, at domingo, junho 09, 2013 1:07:00 AM  

Postar um comentário

<< Home