Paulo Franke

22 julho, 2013

ANIMAIS {au! au!} ANIMAIS {miaau!} ANIMAIS [grrrr!}

 Esta postagem não estava programada. Nasceu de um chamado que minha mulher me fez hoje: "Venha aqui na janela do quarto e veja um pequeno porco-espinho (porcupine) !"


Peguei minha câmera e um pequeno porco espinho de pelúcia que temos (à esquerda) e fui até a frente do nosso prédio. Estaria perdido, ferido? O caso é que fomos para a igreja e ao voltarmos ele ainda estava lá... dormindo? morto? O zelador do prédio saberá o que fazer com ele amanhã, espero. 
_________________

"Uma primeira postagem sobre animais no meu blog vai agradar a muitos amigos meus", pensei. E neste fim de domingo procurei reunir algum material - teria o suficiente? - e fiquei surpreso do quanto eu tinha, aqui e ali (prepare-se, então!). Naturalmente, é uma postagem feita às pressas (e alguns animais não são ultra velozes?), guardando o tema "animais", mas pulando de assuntos (e alguns animais não vivem pulando?).

_______________

Sempre tivemos cães e gatos em nossa casa na infância, casas com quandes quintais (e como gostávamos desses animaizinhos!). Mas uma das alegrias das crianças da família na década de 40 era também visitar a tia-avó Lydia, que tinha um macaco que ela fazia mover a cabeça através de um pequeno dispositivo de ferro, que não ficava à vista, uma das razões de divertir tanto. Nos anos 60 o macaquinho mudou-se com ela para o Rio de Janeiro (foto). Saudade dessa tia-avó que faleceu com 75 anos, por aí.

___________


Minha filha que mora em Helsinki gosta muito de seu aspirador-robô (parecido com o porquinho-espinho). Meu filho também gostou e comprou um para levar para o Brasil, ainda que exista à venda por lá.



Mas imaginou que o cãozinho yorkshire (pronuncia-se yorkshire e não shaire!!) ia "fazer a festa" enquanto o robozinho faz o seu trabalho! Nota: é um cãozinho macho o deles e não o da foto.



Esquilos... muitos por aqui, trepando nas árvores, pulando e atraindo mesmo os acostumados. Meu neto acima deliciou-se em alimentá-lo!


Minha filha e sua família cuidaram deste cão enquanto seus donos viajaram (coisas daqui!). Ela cedeu-me a foto, embora não se lembre no momento a que raça pertença o animal. Deve ser uma raça rara, pois quando andamos com ele pela rua, admirei-me do quanto chamava a atenção e despertava a curiosidade das pessoas. Alguém se habilita?


Netinhos corajosos em posar com a arara no Chipre!!



Piada 1

As igrejas de uma cidadezinha tornaram-se foco de esquilos. Alguém sugeriu que os animaizinhos, feitos pelo Criador, deveriam permanecer nas igrejas sem serem incomodados. E com isso foram aumentando ainda mais. Um membro de outra igreja sugeriu que fossem não afugentados, mas presos, uma forma mais humana, idéia que se mostrou impraticável. Até que um ancião de outra igreja sugeriu  que deviam batizar os esquilos e inscrevê-los no rol de membros da congregação. Então os esquilos fugiram e só voltaram às igrejas na Páscoa e no Natal... (Seleções)



"A franquia Angry Birds mais uma vez prova que é um sucesso muito além do game que surgiu nos dispositivos móveis e se espalhou pela web. Em seu país de origem, a Finlândia, o jogo dá nome ao refrigerante mais vendido pelo país, superando gigantes como Pepsi e Coca-Cola." (Google)

Brincalhão como sou por natureza, chamo membros de igreja incomodados, críticos ou que faltam muito de "angry birds" (pássaros zangados).


Belas fotos que nossa segunda filha tirou na Ilha da Madeira, passeio inesquecível que fizemos juntos.


Incrível como eles a deixavam aproximar-se sem voarem! Ilha da Madeira, passeio belíssimo!


Nossas duas filhinhas deslumbradas ao alimentar as pombas em uma praça de Lisboa, quando lá vivemos em 1978.



Já tenho mostrado por aqui este souvenir da Flórida, um dorso de um peixe da região que no seu interior lembra um crucifixo!



Em nossa sala, o peixe, símbolo do cristianismo.



Na única vez em que fui a Roma, em 2001, visitei o Coliseu, um dos  lugares onde cristãos eram sacrificados por animais selvagens. O filme "Quo-Vadis?" retrata bem o sofrimento da igreja primitiva.



Naquela manhã fria, voltei para pegar a câmera em casa ao observar os pardais... que estavam voltando ou que não emigraram, protegendo-se do frio em uma moita cheia de neve.



O beija-flor ou colibri, o único pássaro que fica parado no ar (o inventor do helicóptero terá se inspirado nele?). Beleza pura!


Esta foto gerou muitos risos no tempo do Orkut.


Souvenirs da Austrália...



... terra de animais exóticos e exclusivos como o da direita na caneca, o ornitorrinco (nome científicoOrnithorhynchus anatinus, do gregoornitho, ave + rhynchus, bico; e do latimanati, pato +inus, semelhante a: "com bico de ave, semelhante a pato") é um mamífero semiaquático natural da Austrália e Tasmânia(Wikipédia)



Os ursinhos coalas, que vi em um zoológico em Melbourne - vivem  pendurados em eucalíptos de cujas folhas se alimentam, daí estarem sempre "dopados" (uma melhor explicação sugiro que procure no Google).


Ah! os lobos, bonitos mas ferozes. 


Foto tirada no lindo museu de animais empalhados...


... na universidade de Oulu, onde estudou minha filha.



Do ônibus, vejo passar em São Petersburgo um cão agasalhado conduzido por sua dona. Heróis também os donos de cães daqui que, fielmente, os levam a passear com temperaturas baixíssimas, bem inferiores a 0 graus às vezes!



Tenho uma experiência com cavalo em disparada que quase me levou à morte ou que quase me tornou deficiente físico (contarei em outra ocasião...), assim gosto da elegância deles, mas de vê-los só ao longe ou em estátuas, como estas imponentes do topo do portão de Brandemburgo, em Berlim, que fotografei este ano.



Outra experiência... subi com tremenda dificuldade, quase escalando,  um dos montes erguidos com os destroços dos prédios bombardeados de Berlim (o que conto em uma postagem recente)... Foi uma façanha que me fez ficar "cansado pra cachorro". Voltando exausto à minha hospedagem, sem querer entrei no vagão do metrô reservado... aos cachorros - e pode?
Na Escandinávia, ou quem sabe em outros países europeus também, a entrada de cães é permitida em shopping centers, em conduções e há, o que não é mais novidade, sofisticadas butiques com produtos para eles inclusive com cuidados especializados.



Gosto dos filmes da Lassie e os cães collier sempre me atraem quando os vejo. Outro dia assisti a um filme do gênero na TCM com a Elizabeth Taylor menina. Meu preferido, no entanto, é "O Filho da Lassie", com Peter Lawford, ficção do tempo da Segunda Guerra passada na Noruega (certamente filmado no Canadá).




Um encontro deles no centro de Helsinki ou mera coincidência??

HYPE Tattoo Brazil magazine's photo

E por falar em mera coincidência, os amigos cinéfilos hão de gostar  deste conjunto de fotos dos famosos leões da Metro de todos os tempos.



No filme noir "O Diário de Anne Frank", da década de 50 (o melhor para mim!), cuidaram de trazer para o estúdio um gato, fiéis ao que ela mencionava no seu famoso diário. (Foto: Filmelândia)

____

Piada 2

Facebook


Aprecio alguns tipos de gatinhos - não, claro, como muita gente que eu conheço... - mas estes dois são demais!!




Mas, gostar de gatos bonitos, como este que parece de chocolate, é "pros fracos", usando linguagem do Facebook (de onde peguei a foto), mas amar gatinhos feios, desprezados, doentes, gastar dinheiro com ração, veterinários etc. é, sim "pros fortes", reconheço e conheço gente com tal amor e dedicação!


A maioria dos meus amigos no Facebook ama animais com paixão! Gostei desta imagem com letra bem-bolada que alguém postou.


Os cães com seu olhar humilde e carente que encanta as pessoas! Os felinos, por outro lado, parecem ter um outro "temperamento", mas são amados por muitos também!



Quando viemos para a Finlândia, em 1999, desenhei uns dálmatas para o meu netinho, panô que ficou muito tempo no seu quarto.



Em Amsterdam, em um restaurante argentino, gostei do tapete de couro decorando não o chão, mas o teto! Altas recordações do curtume onde meu pai foi o vice-diretor. Trabalhei lá como office-boy e depois passei ao setor de contabilidade. Prazer era atender, às vezes, pessoas que procuravam tapetes... a gaúcha Maria Della Costa, uma delas. Nosso lar sempre teve um destes na sala. 



Em Porto Alegre, o então General Shaw Clifton quis ser fotografado diante de um quadro de um gaúcho cuidando de suas ovelhas. (Foto: Isar Anana) 


E damos um pulo para o primeiro general e fundador do Exército de Salvação, em uma  foto tirada antes de sua "promoção à glória". Já cego, diante de sua casa, com seu cão fiel (foto The Salvationist).



E outro respeitável cidadão britânico, Charles Chaplin, com seu cãozinho em uma de suas últimas fotos também, em sua mansão em Vevey, na Suíça Francesa. (foto Manchete)



Planejei, em Edimburgo, na Escócia, visitar o Zoo para conhecer o famoso urso panda importado da China. Cansado - eu, não o urso (?) - em vez de descer na parada certa, "dormi no ponto" e o ônibus seguiu para o aeroporto e, ainda que tivesse tempo suficiente não retornei, o que hoje lamento. (Veja no link postagem sobre os ferozes ursos, não me referindo aos pandas, que de "ursinhos de pelúcia" não têm nada.)



No Universal Studios, em Los Angeles, diante do tubarão do famoso filme. A foto-slide marca o dia em que senti mais frio na minha vida, em janeiro de 1982. 


Um dos boletins que preparei para uma de nossas igrejas de idioma  sueco onde trabalhamos aqui na Finlândia. Atual se penso que a pomba simboliza a paz... no caso, paz na Copa e na Olimpíada a serem realizadas no Brasil! Amém, povo meu!


Na década de 70 comprei diversos desses bonitos cartões para mandar a pessoas que precisassem da mensagem bíblica impressa.



Acho difícil desenhar animais, mas desenhei de uma fotografia um pônei que uma jovem me pedira em Åland. Quando ela veio receber o desenho, quase em soluços me falou: "Você captou exatamente a personalidade dele!" O pônei com sua "personalidade" havia morrido, o que eu não soubera antes de desenhar.



Minha filha gosta e desenha muito bem animais, o que não é o meu caso. Olhem a perfeição! (pai-coruja!)...



... também deste tigre que ela desenhou!




Piada (ou não?) 3

Uma pomba pintada na minha unha? (Mas já existe isso pra homem?) Que nada! Ao sair da rede que minha filha tem na sala, um pedaço de unha prendeu-se no tecido e rasgou-a ao meio, de alto a baixo, até a cutícula. Doeu muito, mas a natureza tratou de fazer um novo pedaço de unha nascer desde a cutícula, com direito ao desenho de uma pomba, símbolo da paz!


Curiosa foto que tirei este ano em Jaffa/Jope, Israel... pra saber mais tarde que existe no Brasil também "cuidadores de cães"!



Como há gatos perambulando pela cidade! Também na ilha de Cós/Kos, na Grécia!


Em Jope, o apóstolo Pedro, em visita à casa de Simão, o curtidor (foto), teve uma visão relatada em Atos 10.


Graças àquela visão de animais de todos os tipos que desciam em um grande lençol, Pedro entendeu que a nova religião que aflorava com sucesso não era uma mera seita judaica, ameaça que pairava, mas seria bem-vinda aos homens de toda a raça, toda a cor, do mundo inteiro. 
Não quero ser blasfemo, mas parece que "os animais, através daquele sonho exótico, salvaram o nascente cristianismo de ser abortado ou mesmo extinto precocemente."



Em uma pracinha de Jaffa/Jope, uma baleia... Por quê? Porque foi naquele porto que Jonas tomou uma direção contrária à indicada por Deus e, como resultado de sua desobediência, foi engolido por um peixe (Livro de Jonas).


E, tomando uma direção certa, há poucos anos fui visitar alguém cuja amizade foi resgatada pela Internet. Hoje, casado, o amigo vive com parte de sua família na bela cidade de Rio das Ostras-RJ, onde fotografei esta outra baleia (e aonde gostaria de ir outra vez). A propósito de baleia, lembro-me nos anos 50 de que, tentando lançá- la no mercado, o preço era aquém do da carne bonvina, algo que "não vingou", felizmente. 



O Douglas DC-3, na foto que tirei do quarto do meu hotel em Eilat, sul de Israel, foi profeticamente comparado a uma pomba que trazia os filhos de Israel de volta à sua terra: "Quem são estes que vêm voando como nuvens, e como pombas às suas janelas?" (Isaías 60:8)

 __________

The last but not the least...

1




"Os Músicos de Bremen", história dos irmãos Grimm que nosso pai nos contava, cena que imagino com nostalgia... ele no centro e nós à sua volta, ouvindo e imaginando todos os lances da fábula que fascinava nossa mente infantil. A famosa estátua das "personagens" da história foi erigida na cidade de Bremen, norte da Alemanha,  em 1951, data bem provável de quando nosso pai nos contava a história (transcrito da postagem de minha primeira visita à belíssima cidade).

2



Não sou fanático por animais, mas se há coisa que me entristece e me faz mudar de canal às pressas, por exemplo do Animal Planet, é quando vejo animais mais ferozes atacando sem piedade outros animais, como este da foto ou outros, tais como girafas perseguidas por leões ou hienas... Mas, é a natureza, infelizmente (o artigo abaixo talvez responda a isso).

3



O churrasco era o prato do final de semana dos gaúchos da cidade... hoje, imitando-os, as novas casas construídas no Brasil inteiro contam com churrasqueiras. Tudo bem, mas o que acho uma incongruência é pessoas que, por exemplo, criticaram a foto que coloquei de um tapete de couro ("que maldade!) e "engraxarem o bigode" nos finais de semana com um churrasco ou bife que seja, bem suculento. Que incompatibilidade!! Vibrem, vegetarianos, com este comentário!
___________________
Enfim,


... enquanto houver "lata-para-virar"
(minha lâmpada de cabeceira)


... energia para me deslocar 


... e asas para voar, hei de viajar,
se Deus permitir!

(badulaques de nossa casa-museuzinho)

___________

Curiosidades bíblicas acerca de animais...

"O pardal encontrou casa e a andorinha ninho para si... eu, os Teus altares" (Salmo 84:3)

Os pássaros sentiam-se tão familiarizados com o altar do templo que faziam nele seus ninhos (ouvi).
~
"Como suspira a corça pelas correntes de águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma" (Salmo 42:1)

As corças entravam nas correntes de águas não somente para serem dessedentadas, mas também protegidas de outros animais que as queriam devorar (li).

__________

 365 meditações do livro que Deus me deu a oportunidade de escrever, esgotado mas que pode ser encontrado online:

www.paulofranke-edificacaodiária.blogspot.com

(copie e cole na sua barra de endereços)


________

Difícil encontrarmos artigos evangélicos sobre animais, concorda?

Seja então edificado com o que escreveu o colega, Comissário Paulo Rangel, publicado na revista salvacionista RUMO, à qual agradeço o empréstimo:




redacao@bra.salvationarmy.org

________________

   O  
    M~ 

    L i n k s

Voando com uma águia sobre a Cordilheira dos Andes 
(video imperdível!)
http://www.paulofranke.blogspot.fi/2013/05/voando-com-uma-aguia-sobre-cordilheira.html

Primavera - são os pássaros voltando do hemisfério sul
 (postagem muito visitada!)
http://paulofranke.blogspot.fi/2010/04/primavera-sao-os-passaros-voltando.html

O perigo dos ursos na floresta e dos alces nas estradas finlandesas...
(advertência!)
http://paulofranke.blogspot.fi/2009/08/perdidos-e-o-perigo-dos-alces-e-dos.html

_______________

Esta postagem, confesso, deu trabalho "pra cachorro", portanto ficarei contente se for lida e, por que não, comentada, rsrsrs?

Ah! a propósito... trabalhar "pra cachorro" é empolgar-se e trabalhar demais. Empenhar-se a ponto de não sentir fome nem sede, sossegar somente quando terminar. Sentir-se abandonado na tarefa mas não desistir dela (a expressão, segundo o Google, tem a ver com os cães que aguardavam a presa sair da toca, enquanto que os caçadores cansados e impacientes voltavam para a casa).

__________________________

20 Comments:

  • Também amo os animais, Paulo!
    Mais um belíssimo post,muito obrigada!

    By Blogger Marlene M, at segunda-feira, julho 22, 2013 4:13:00 PM  

  • Fiquei com pena e sem poder fazer nada, soh pena do porquinho espinho <> snif snif

    By Anonymous Anônimo, at segunda-feira, julho 22, 2013 5:57:00 PM  

  • O cãozinho Bobbie, e outros, do filme do Richard Gere (última parte da postagem do link abaixo):

    http://www.paulofranke.blogspot.fi/2012/09/iv-castelorichard-gerefonte-em-edi-e.html

    By Blogger paulofranke, at segunda-feira, julho 22, 2013 9:59:00 PM  

  • Ahhhh....lembrei dos meus amados cães e hamsters!!!! Acredita, tive criação de Hamsters e de Cães da raça Box. Tb tivemos dois Pastores Belgas, manto negro e um Akita caramelo . Coisa mais linda de se ver!Mas, infelizmente, assim como nos, todos tem um tempo de vida! O que é muito doloroso, mas....a vida segue!
    Lindo post, parabéns!
    aBRaços

    By Blogger Maria Thereza, at terça-feira, julho 23, 2013 1:51:00 AM  

  • Adorei o post, amigo.
    Assisti ao filme Lassie, porém não exatamente esse que você postou.

    P.S: Tenho paixão por cães.

    By Blogger Anderson, at terça-feira, julho 23, 2013 1:53:00 AM  

  • Mais uma ótima postagem, Franke. Gosto muito de animais, já tive gatos tb (Rosa não gosta) e hoje tenho três belos beagles e uma basset "Cofap" já bem velhinha (14 anos. Dão trabalho, nos prendem um pouco mas é bom conviver com eles. Me marcou no post a foto da tia Lídia, lembrei do carinho que nos recebeu e seus deliciosos bolos. Que talento tem tua filha Martha, hein ! Parabéns !

    By Anonymous Francisco S V Filho, at terça-feira, julho 23, 2013 7:47:00 AM  

  • Muito "curtido". Obrigado por nos brindar com mais uma excelente postagem. Animais, emoções e família tem tudo a ver!
    FVF

    By Blogger paulofranke, at terça-feira, julho 23, 2013 1:05:00 PM  

  • http://www.youtube.com/watch?v=LoM4ZZJ2UrM

    "Pássaros nos fios" vídeo imperdível!

    By Blogger paulofranke, at terça-feira, julho 23, 2013 1:39:00 PM  

  • amei,amei,os coalas o panda os gatinhos,o desenho do tigre eo porco espinho,e falando em animais o filme sempre ao seu lado,conta a historia da fidelidade de um cão.como sempre vc está de parabens.

    By Blogger Nazare Souza, at terça-feira, julho 23, 2013 4:15:00 PM  

  • Bem Paulo, o que dizer? Nem sei ao certo, mas parabéns e espero que continues te "apaixonando" pelos bichinhos hehe. Cheguei a me emocionar com a foto da Tia Lydia com o macaquinho, nunca mais tinha lembrado desse detalhe e então lembrei do ap dela no Rio, na Riachuelo, do macaco e mtas lembranças boas. Vou visitar o Cauê qualquer dia desses e ele mora bem perto do prédio dela, vou ver se reconheço. As fotos escolhidas foram de um grande bom gosto. Beijos primo

    By Anonymous Clarisse Franke Avila, at quarta-feira, julho 24, 2013 12:53:00 AM  

  • Oi dindo! Que saudades da tia Lydia... e de tantas pessoas, momentos...Mas falando nos bichos, sem eles eu não viveria. E por mais que a Gina seja furiosa com estranhos (como bem experimentaste!), conosco ela é um amor. A mãe as quer sempre por perto, até as gatas. E a Nina, gata, vem para mim quando a chamo, o que não é comum em gatos. Beijos

    By Blogger Luciana, at quarta-feira, julho 24, 2013 3:12:00 AM  

  • Muito gostoso de ler seu post sobre os animais ! Aprendemos muito observando eles. Cada um com sua personalidade ! Vc desenha muito bem, aí entendi de onde veio o talento da Martta :) Também gostava de desenhar e sempre desenhei cavalos que são minha paixão. Aqui na nossa família sempre fomos "bichólogos", acho que nunca fiquei sem a companhia de um cão, temos inclusive nosso cemitério dos bichos! Parabéns pelo post !

    By Blogger Esther Humberto, at quarta-feira, julho 24, 2013 3:22:00 AM  

  • Muito boa a postagem com suas fotos, desenhos e comentários. Apreciei bastante, embora não seja fã de animais domésticos. Curiosa e divertida a piada 1 sobre os esquilos!! Abraços, Abigail

    By Anonymous Anônimo, at quarta-feira, julho 24, 2013 5:52:00 PM  

  • Bela postagem...gosto de animais,já tive gatos, cachorros, pássaros, cabras e até cavalos...não por vontade própria...agora só os admiro de longe e até prefiro q seja assim...

    By Anonymous Rejane, at quarta-feira, julho 24, 2013 9:06:00 PM  

  • Gostei muito do post!
    Conheço um amigo meu que esteve em Chipre! Um lugar maravilhoso para se passar as férias!

    By Anonymous Caio Läntinen, at quarta-feira, julho 24, 2013 9:06:00 PM  

  • Ótimo este post Paulo, sobre animais é um tema bem abrangente e adorei as fotos e comentários, a gente acaba sempre aprendendo e conhecendo algo a mais... muito legal e parabéns !!!
    um grande abraço
    Cláudio Humberto

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, julho 25, 2013 1:10:00 AM  

  • Olá Paulo...reescrevendo meu comentário do face...

    Gostei muito da postagem em geral, mas ressalto algumas partes que mais gostei:

    "Aprecio alguns tipos de gatinhos - não, claro, como muita gente que eu conheço... - mas estes dois são demais!!" .... (me inclui nesta gente...rs)

    "Mas, gostar de gatos bonitos, como este que parece de chocolate, é "pros fracos", usando linguagem do Facebook (de onde peguei a foto), mas amar gatinhos feios, desprezados, doentes, gastar dinheiro com ração, veterinários etc. é, sim "pros fortes", reconheço e conheço gente com tal amor e dedicação!"
    (nesta tb me identifiquei muito...pois é o que sempre falo, gostar de gatos lindos e de raças é realmente muito fácil, mas dedicar sua vida, seu tempo e seu dinheiro pra cuidar dos desprezados é o mais difícil...mas posso dizer por experiência própria que cada esforço vale a pena, pois os que estão comigo estão lindos e saudáveis e me retribuem com amor que nem todas as pessoas sabem doar)

    E assim como a matéria da Rumo que mencionou...estou certa de que os animais nos acompanharão no Reino do Senhor Jesus! As pessoas que maltratam os animais deveriam se lembrar sempre disto, pois estas criaturas foram tb projeto de Deus, e deveriam ter o respeito merecido!!
    Ahh...adorei os desenhos, especialmente os da sua filha

    Abraços

    By Anonymous Franciny Bressanin, at quinta-feira, julho 25, 2013 4:25:00 AM  

  • É da raça Dachshund que é um cachorro alemão originalmente. Só que o Dachshund tem variações em cor e pelo. Esse na foto é um wire-haired Dachshund em inglês.

    -João

    - Obrigado, neto!

    By Blogger paulofranke, at quinta-feira, julho 25, 2013 5:03:00 PM  

  • Do dono do blog:

    Duas lembrancas de cãezinhos da infância:
    - de uma, chamada Bolinha, que contraiu raiva e que corria desesperada pelo nosso comprido quintal... Não deu outra: nós cinco tivemos que tomar 21 injecões na barriga, uma por dia. Desde aí, agulhas não são minhas amigas.
    - um cãozinho que era só meu, feio, pequeno, mas que eu amava muito. Um dia escapou para a rua e comeu veneno ("bola" como se chamava na época). Uma das grandes tristezas do gurizinho chamado Paulo!!

    By Blogger paulofranke, at sexta-feira, julho 26, 2013 11:13:00 AM  

  • Paulo, como sempre, muito inspirativa esta postagem, principalmente para os que amam os bichos e animais domésticos como eu. Parabéns. Também pelo ótimos desenhos, seus e da Marttinha. Abraço. Ady.

    By Blogger ADY, at segunda-feira, agosto 19, 2013 5:20:00 PM  

Postar um comentário

<< Home