Paulo Franke

24 julho, 2013

O cão que ficou de plantão... e seu dono havia morrido...

O cãozinho Bobbie

 A propósito da postagem sobre animais, publico novamente este episódio de minha visita a Edimburgo, Escócia...


Bobby foi um cachorrinho que ficou conhecido em Edimburgo, no século XIX, por ter passado 14 anos guardando o túmulo de seu dono, até sua própria morte. Um ano após a morte do cachorro, Lady Burdett-Coutts mandou erguer uma fonte e uma estátua em sua homenagem (a estátua situa-se em frente ao cemitério Greyfriars, onde seu dono foi enterrado). Muitos filmes e livros foram baseados na vida de Bobby! Uma bela homenagem à lealdade. (Internet)


Passei por lá para conferir.


Em frente, o pub que leva o seu nome.


Edimburgo tem a estátua de outro cão com história semelhante, conforme placa abaixo...


Uma conexão canina: Edimburgo e San Diego, na Califórnia, ambas as cidades foram o lar de Bobby e de Bum, respectivamente. Em reconhecimento a esses heróis caninos, uma estátua de Bobby foi presenteada a San Diego e esta estátua de Bum foi presenteada em troca a Edimburgo.  Os dois cães representam amizade, lealdade e a experiência comum. (Tradução por alto).

Nota: ao que parece existe história semelhante no Japão... Durma-se com tantos latidos!!


 Trailer do filme "Sempre ao seu lado", com Richard Gere, que recomendo:


£££££££££


£££££££££

3 Comments:

  • Tenho meu Bob aqui em casa rsrs, cãozinho querido e companheiro !!!
    Abraço
    Cláudio Humberto

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, julho 25, 2013 12:51:00 AM  

  • É realmente inexplicável o amor e companheirismo de um ser, dito irracional. Os animais, principalmente cães, são de uma amorosidade para com donos cuidadosos que escapa o nosso intelecto. É a transferência de tanto carinho e amor que nos deixa a sensação que não sabemos ao pé da letra, o que é amar!
    Sempre tive grande e únicos amigos nos meus cães. Seres maravilhosos que conseguiam ver e entender muito mais do que sentia do que pessoas próximas. Saudade muito grande de todos. Assim como Bobby, muitos deve ter tido a felicidade de conhecer e ter como amigo um ser tão bondoso assim. A troca faz muita falta.
    Muito bom o post, sua continuação...se não parar por aí, creio que chorarei mais e mais vezes. O Filme em questão, com Richard Gere, fala da história de um caso parecido que se passou no Japão....lindíssimo!
    Parabéns!

    aBRaços

    By Blogger Maria Thereza, at quinta-feira, julho 25, 2013 8:24:00 PM  

  • Obrigado, Maria Thereza, pelo lindo comentário. Tive um cãozinho, em especial, na infância que eu amava muito. Vira-lata, feio de morrer... um dia escapou e foi pra rua. Morreu com o veneno que comeu, não sei se ainda chamado hoje em dia de "bola". Tristeza profunda do guri Paulinho!!

    By Blogger paulofranke, at sexta-feira, julho 26, 2013 11:08:00 AM  

Postar um comentário

<< Home