Paulo Franke

19 outubro, 2013

Os 60 anos da "gaúcha" PEPSI-COLA (no Brasil, claro!)...

Uma postagem light...


Enigma... explicado mais adiante.

"A Pepsi foi lançada no Brasil há 60 anos por um português cuja principal estratégia de marketing era pintar as fachadas dos bares de Porto Alegre (RS), onde ele morava, com o logotipo do refrigerante. Acabou convencendo as pessoas de que a Pepsi era um legítimo produto gaúcho.
O Rio Grande do Sul foi o primeiro Estado do país a ter a bebida. Como os gaúchos são conhecidos pelo orgulho regional, a fama que logo se espalhou era a de que a Pepsi seria um produto riograndense.
Quando viajavam aos EUA, costumavam se espantar: "Aqui também tem Pepsi", diziam. Pelo menos é o que se conta na fábrica gaúcha. Muita gente acreditou nisso até anos recentes, segundo a Pepsi.

O advogado português Heitor Pires desistiu da carreira, pediu empréstimos à comunidade portuguesa de Porto Alegre e fundou a Refrigerantes Sul Riograndense. A produção de Pepsi começou em março de 1953.
Com o desenvolvimento urbano, a fábrica teve de mudar, no início dos anos 1990, para Sapucaia do Sul (região metropolitana de Porto Alegre), onde está até hoje.
O refrigerante é produzido no Brasil em parceria com a Ambev, dona do guaraná Antartica e da Cerveja Brahma, entre outros. A Ambev é do bilionário Jorge Paulo Lemann, 73, considerado o homem mais rico do Brasil.
A Pepsi, assim, como sua grande rival, a Coca-Cola, foi inventada por um farmacêutico. A fórmula é do americano Caleb Bradham e foi criada em 1898. A da Coca-Cola foi em 1886.A diferença é que o inventor da Pepsi estava procurando criar uma "bebida refrescante". A Coca era para ser, originalmente, um remédio.
A Pepsico, dona do refrigerante, possui marcas famosas de comida e bebida, como H2OH!, Gatorade, Rufles, Cheetos, Stiksy (o palitinho salgado), Toddy e aveia Quaker, entre outros." (De UOL Economia, com agradecimentos)

___________________________________________
Agora é a minha vez de falar sobre o assunto. 
Interessantes os dados informativos, dos quais pouco sabia. 
MAS DE UMA COISA EU SEI: 
gaúchos que iam ao cinema naquele tempo, o maior passatempo da década de 50, sabíamos muito bem que a Pepsi era americana, por vê-la seguido em filmes. 
Quem seriam esses que pensavam que era gaúcha, não sei...
Embora houvesse fábricas tanto da Coca-Cola (mais antiga) quanto da Pepsi-Cola em Pelotas-RS, a Pepsi tornou-se mais popular. Promovia festas, pintava de cor azul berrante armazéns e bares, a ponto de doer nos olhos, enfim, era a bebida americana preferida dos gaúchos.


Exatamente naquele Natal de 1969 (foto), no calor do centro do Rio, tocando meu trompete com um grupo, a sede era uma constante, pois passávamos mais de uma semana e muitas horas arrecadando fundos para a campanha natalina, fazendo "a panela do pobre ferver", slogan da época. Então, eu ouvi o zum-zum nos intervalos: "Gente, há um refrigerante novo, vamos lá tomar? Chama-se Pepsi-Cola!" Surpresa para todos, nenhuma para mim que desde 1953, quando tinha 10 anos, já conhecia a Pepsi-Cola dos filmes americanos e de bebê-la em aniversários e em outras festinhas da época. 

Na foto com Tarso Cezar e Margarida Cotting.


Bebo a PepsiMAX (zero) aqui na Finlândia. Por ser um país frio e com um verão também frio, acostumei-me a tomar somente uma garrafinha plástica pequena por semana, algo assim. E como beber líquidos não é o meu forte (afogo-me!), às vezes a Pepsi é ingerida tão aos poucos que chega a "durar" dias na porta da geladeira!


A latinha de PepsiMax é de Israel. Embora não faça mais "coleção", trouxe para casa. A garrafinha plástica é a que consumo, não tanto para "matar a sede", mas excelente quando se come algo meio pesado...

*


Ainda me lembro de quando a viúva do dono da Pepsi-Cola, a famosa atriz Joan Crawford, veio ao Brasil nos interesses da PepsiCo. Li a respeito: "Nas duas vezes em que veio ao Brasil, surpreendeu os repórteres que, esperando encontrar uma nostálgica deusa do cinema, viram-se diante de uma firme mulher de negócios - Pepsi-Cola - com todas as respostas prontas e nenhuma saudade do passado." Morreu em maio de 1977, conforme reportagem do Jornal do Brasil.
_______________

Anúncio:

No ano passado decidi desfazer-me da coleção de Cokes de diversos países. Enviei pelos correios para pessoas amigas que faziam artesanato dezenas delas, mas como nunca me mostraram o que souberam fazer com elas (quem sabe, nada!), estou pensando no momento em vendê-las pela Internet a quem saiba ou que simplesmente decore seu restaurante com elas.
MAX preocupação!
rsrsrs

________________________

L i n k

Comerciais da Pepsi ao longo dos anos (nostalgia):

http://economia.uol.com.br/album/2013/10/07/pepsi-completa-60-anos-no-brasil.htm#fotoNav=18

Os 125 anos da Coca-Cola:

2 Comments:

  • Gerson Langie Barum disse...
    Paulo.
    O detalhe que nunca esqueci e` que a Coca tinha uma garrafa com cerca de 250 ml, padrao ate` entao. Quando a Pepsi chegou em 53, a garrafa era maior do que a da Coca. Cerca de 290 ml, tamanho atual (que varia um pouco...). E os precos eram iguais !!!
    So` depois de muito tempo, talvez um ano, a Coca colocou uma garrafa de igual tamanho. E reduziu um pouco o preco da Coca menor. A Pepsi logo lancou uma garrafa menor tambem, com aqueles cerca de 250 ml. Dali pra frente a coisa andou em equilibrio.
    No inicio da decada de 70, o CADE multou a Pepsi que havia sido acusada pela Coca de esconder e quebrar garrafas da Coca. Em 2007 a Pepsi foi inocentada e a multa foi devolvida, certamente com correcao monetaria

    By Blogger paulofranke, at domingo, outubro 20, 2013 10:05:00 PM  

  • Olá a todos meu nome é Luana Rodrigues, estou aqui para testemunhar como eu fui scammed por vários credor de empréstimo a partir deste site.I estava na necessidade de um empréstimo e eu aplicado de vários credores de empréstimo a partir deste site muito. Eles me pediram para pagar alguma quantia de dinheiro em base diferente, mas eu nunca recebo meu empréstimo. Isto foi como eu perdi a soma de 5000USD. Eu estava agora em dívida porque eu pedi emprestado o dinheiro de um amigo. Um dia um amigo meu me apresenta a Detlev jonas Empréstimo. Ele me contou como ele o ajudou com empréstimo em vários casos sem qualquer atraso. Eu estava com medo e nunca acredito nela. Ela me pede para confiar nela, foi assim que eu fui lhe apresentar através de seu e-mail {hmloans2@gmail.com}. Ela me disse que ela vai me oferecer o empréstimo que eu só precisa cumpri-los. Eu fiz como ela me disse e sem qualquer atraso, recebi o meu empréstimo como ela promessa anterior. Estou aqui para lhe dizer que a maioria dos credores de empréstimo neste site são scammers. Se você realmente precisa de um empréstimo genuíno, por favor, conheça Detlev Jonas empréstimo através de seu e-mail hmloans2@gmail.com. Ele é um emprestador de empréstimo confiável registrado.

    Nome da testemunha: Luana Rodrigues
    E-mail do credor: hmloans2@gmail.com
    Nome do credor: Falicity Shaw

    By Blogger Felicity Shaw, at quarta-feira, abril 19, 2017 1:25:00 AM  

Postar um comentário

<< Home